BC agrada, mas não deve acalmar mercados

2018-06-21T09:47:40+00:00 21/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Já o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella, destaca que o modelo de projeções apresentado pelo comunicado sugere que as projeções para a inflação comportam uma alta ainda mais forte do dólar até que o BC tenha que reagir com um aumento de juros. Utilizando as projeções da pesquisa Focus para o juro [...]

Os economistas, o câmbio e a meta de inflação

2018-06-20T16:34:23+00:00 20/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Daniel Silva, Modal Asset: Não há o risco de o Copom antecipar um aumento da Selic. O BC tem sido bastante claro no sentido de que não vai utilizar a política monetária para controlar o câmbio. Uma antecipação da alta de juros ocorreria apenas caso as projeções de inflação Focus e dos modelos do BC começassem [...]

Ibovespa cai com Petrobras, Vale e siderúrgicas; dólar recua

2018-06-15T16:56:30+00:00 15/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Segundo Luiz Eduardo Portella, sócio da Modal Asset, boa parte desse movimento se deve ao fato de que o foco, finalmente, irá para as NTN-Bs. “O problema do mercado de juros está no estoque das NTN-Bs, e não de NTN-Fs. A indústria de fundos ficou muito grande e não estava conseguindo zerar as posições nesses títulos”, [...]

Viés positivo do Datafolha é manter cenário de abril, diz Modal

2018-06-11T09:43:19+00:00 11/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

"A pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra que o cenário de disputa eleitoral permanece, em linhas gerais, inalterado em relação ao levantamento de abril, de acordo com Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset. Para ele, tal constatação é positiva, uma vez que, ao longo da semana passada, ganharam força as leituras de que Jair Bolsonaro (PSL) [...]

Juros futuros caem; investidor avalia cena brasileira e dados dos EUA

2018-06-04T16:00:17+00:00 04/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

"Os mercados estão bem. Com o fim da greve, tem tudo para a melhora continuar", diz o sócio-gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella. Embora o conjunto de medidas tributárias adotadas pelo governo para encerrar a greve seja uma má notícia do ponto fiscal, ele observa que, neste momento, o que importa é que a Petrobras [...]

Juros futuros sobem mesmo após intervenção do Tesouro

2018-05-29T09:32:26+00:00 28/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Para o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella, a atuação do Tesouro está ajudando a atenuar uma piora maior. "Os juros longos poderiam ter 20 pontos-base de alta hoje", exemplifica. A intervenção do Tesouro "ajudou a segurar a piora do mercado, mas não o suficiente para diminuir o nível das taxas por enquanto", [...]

Eleições e risco fiscal inibem queda de juros longos

2018-05-24T10:57:36+00:00 24/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Alguns especialistas acreditam que o Tesouro poderia intervir no mercado de modo a dar um pouco mais referência de preços. "O BC já acalmou o câmbio com swap, mas os juros longos precisam do Tesouro", diz Luiz Eduardo Portella, sócio da Modal Asset. Para ele, a atuação serviria para dar liquidez ao mercado num momento em [...]

Multimercados passam por teste no pós-Copom

2018-05-22T17:56:15+00:00 18/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

O Brasil piorou mais do que outros emergentes em meio às discussões sobre o aperto monetário nos EUA, o real registrou a segunda maior desvalorização em relação ao dólar, só perdendo para a Argentina que acaba de pedir um socorro de US$ 30 bilhões para o Fundo Monetário Internacional (FMI), diz Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor do [...]

Câmbio e cenário externo na visão dos economistas

2018-05-18T09:47:23+00:00 18/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Daniel Silva, Modal Asset - O câmbio pode influenciar a política monetária indiretamente ao longo dos próximos meses, caso se mantiver em patamares elevados e tiver efeitos secundários sobre outros preços da economia, além daqueles mais diretamente afetados pelo câmbio depreciado em um primeiro momento. Leia mais em http://www.valor.com.br/valor-investe/casa-das-caldeiras/5532041/cambio-e-cenario-externo-na-visao-dos-economistas

Apesar dos riscos, cenário segue positivo para emergentes

2018-05-15T09:54:47+00:00 15/05/2018|Categories: Artigos, Valor Econômico|Tags: , , |

Em outubro de 2017 escrevi neste espaço o artigo: "Otimismo em Washington e o ciclo positivo para emergentes" sobre as impressões das reuniões durante o encontro do FMI em Washington. Em 2017, o otimismo era generalizado, porém, no último evento no mês de abril, organizado pelo FMI e pelo Banco Mundial, o tom foi de otimismo [...]