Economistas põem eleição no cenário; dólar marca ‘direita’ e ‘esquerda’

2018-08-02T10:51:58+00:00 02/08/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Consideramos manutenção da Selic até o fim deste ano e, para dezembro de 2019, 8%. O próximo passo do Copom será de alta e pode ocorrer em setembro ou outubro na hipótese de ocorrer uma evolução desfavorável das perspectivas de um candidato de centro-direita nas eleições presidenciais ou uma piora das condições financeiras internacionais, com um [...]

Os economistas, o câmbio e a meta de inflação

2018-06-20T16:34:23+00:00 20/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Daniel Silva, Modal Asset: Não há o risco de o Copom antecipar um aumento da Selic. O BC tem sido bastante claro no sentido de que não vai utilizar a política monetária para controlar o câmbio. Uma antecipação da alta de juros ocorreria apenas caso as projeções de inflação Focus e dos modelos do BC começassem [...]

Multimercados passam por teste no pós-Copom

2018-05-22T17:56:15+00:00 18/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

O Brasil piorou mais do que outros emergentes em meio às discussões sobre o aperto monetário nos EUA, o real registrou a segunda maior desvalorização em relação ao dólar, só perdendo para a Argentina que acaba de pedir um socorro de US$ 30 bilhões para o Fundo Monetário Internacional (FMI), diz Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor do [...]

Câmbio e cenário externo na visão dos economistas

2018-05-18T09:47:23+00:00 18/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Daniel Silva, Modal Asset - O câmbio pode influenciar a política monetária indiretamente ao longo dos próximos meses, caso se mantiver em patamares elevados e tiver efeitos secundários sobre outros preços da economia, além daqueles mais diretamente afetados pelo câmbio depreciado em um primeiro momento. Leia mais em http://www.valor.com.br/valor-investe/casa-das-caldeiras/5532041/cambio-e-cenario-externo-na-visao-dos-economistas

IPCA-15 de março é o menor desde 2000

2018-03-26T10:28:51+00:00 26/03/2018|Categories: O Estado de S. Paulo|Tags: , , |

Daniela Amorim Maria Regina Silva A prévia da inflação oficial de março mostrou que os preços continuam variando em patamares muito baixos. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) recuou de 0,38% em fevereiro para 0,10% em março, a menor taxa para o mês desde o ano 2000, segundo dados do IBGE. A [...]

BC deve cortar juro e sinalizar porta `quase fechada’ para maio Bloomberg

2018-03-19T17:22:06+00:00 19/03/2018|Categories: Bloomberg|Tags: , , , |

Para Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset, o mais provável é que o Copom deixe a porta aberta para uma nova redução, mas, desta vez, o Comitê deve "subir a barra". Leia mais em https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2018/03/19/bc-deve-cortar-juro-e-sinalizar-porta-quase-fechada-para-maio.htm

Maioria aposta que Selic cai nesta semana e só volta a subir em 2019

2018-03-19T09:23:46+00:00 19/03/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Para o economista da Modal Asset Management, Daniel Silva, a atividade fraca ajuda a explicar a inflação persistentemente baixa ao contribuir para que a redução da ociosidade da economia aconteça mais lentamente do que o esperado. "Com as expectativas de inflação ancoradas, a inflação continua muito baixa", afirma. Leia mais em http://www.valor.com.br/financas/5392565/maioria-aposta-que-selic-cai-nesta-semana-e-so-volta-subir-em-2019#

Juros futuros de curto prazo sobem pela 3ª sessão seguida

2018-03-14T17:19:06+00:00 14/03/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

"Diminuiu a probabilidade de ter queda em maio", afirma o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella. Leia mais em http://www.valor.com.br/financas/5385529/juros-futuros-de-curto-prazo-sobem-pela-3-sessao-seguida#

Juros futuros de longo prazo têm maior baixa em duas semanas

2018-03-14T10:27:41+00:00 14/03/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

“Vai ser um mundo com menos liquidez”, diz o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella. “Faço parte do grupo que acredita que o BC para (de cortar juros) em 6,5%, em vez de cair mais, e consegue postergar uma alta das taxas”, acrescenta. Leia mais em http://www.valor.com.br/financas/5382835/juros-futuros-de-longo-prazo-tem-maior-baixa-em-duas-semanas

Mercado dá como certo que taxa básica de juros cairá para 6,5%

2018-03-09T08:58:41+00:00 09/03/2018|Categories: O Estado de S. Paulo|Tags: , , , |

Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo 09 Março 2018 | 05h00 O economista Daniel Silva, da Modal Asset, também acredita que o Copom poderá deixar as portas abertas para outro corte, apesar de não trabalhar com esse cenário como base. Essa decisão do Copom dependerá dos próximos resultados da inflação, lembra Silva. O Modal vem prevendo [...]