Economistas põem eleição no cenário; dólar marca ‘direita’ e ‘esquerda’

2018-08-02T10:51:58+00:00 02/08/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Consideramos manutenção da Selic até o fim deste ano e, para dezembro de 2019, 8%. O próximo passo do Copom será de alta e pode ocorrer em setembro ou outubro na hipótese de ocorrer uma evolução desfavorável das perspectivas de um candidato de centro-direita nas eleições presidenciais ou uma piora das condições financeiras internacionais, com um [...]

No primeiro semestre de 2018, dólar tem alta de quase 17%

2018-07-02T10:28:54+00:00 02/07/2018|Categories: O Estado de S. Paulo|Tags: , , |

Diante da volatilidade global provocada pela guerra comercial entre Estados Unidos e China e as incertezas eleitorais, a Bolsa terminou o mês de junho em queda acumulada de 5,20% e o semestre com desvalorização de 4,76%. Nesta sexta-feira, com o cenário externo mais calmo, o Ibovespa registrou a segunda sessão seguida de ganhos, de 1,39%, aos [...]

Ibovespa sobe com exterior calmo e dólar tem queda moderada

2018-06-29T09:25:22+00:00 29/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

"Isso mostra que o mercado começa a funcionar com mais normalidade e abre espaço para se precificar, com mais clareza, os outros ativos brasileiros", diz Luiz Eduardo Portella, sócio e gestor da Modal Asset. "Estamos há quatro dias sem oferta líquida de swap cambial e não tem distorção (...) parece que os US$ 40 bilhões (de [...]

Os economistas, o câmbio e a meta de inflação

2018-06-20T16:34:23+00:00 20/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Daniel Silva, Modal Asset: Não há o risco de o Copom antecipar um aumento da Selic. O BC tem sido bastante claro no sentido de que não vai utilizar a política monetária para controlar o câmbio. Uma antecipação da alta de juros ocorreria apenas caso as projeções de inflação Focus e dos modelos do BC começassem [...]

Ibovespa cai com Petrobras, Vale e siderúrgicas; dólar recua

2018-06-15T16:56:30+00:00 15/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Segundo Luiz Eduardo Portella, sócio da Modal Asset, boa parte desse movimento se deve ao fato de que o foco, finalmente, irá para as NTN-Bs. “O problema do mercado de juros está no estoque das NTN-Bs, e não de NTN-Fs. A indústria de fundos ficou muito grande e não estava conseguindo zerar as posições nesses títulos”, [...]

Juros futuros sobem mesmo após intervenção do Tesouro

2018-05-29T09:32:26+00:00 28/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , , |

Para o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella, a atuação do Tesouro está ajudando a atenuar uma piora maior. "Os juros longos poderiam ter 20 pontos-base de alta hoje", exemplifica. A intervenção do Tesouro "ajudou a segurar a piora do mercado, mas não o suficiente para diminuir o nível das taxas por enquanto", [...]

Multimercados passam por teste no pós-Copom

2018-05-22T17:56:15+00:00 18/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

O Brasil piorou mais do que outros emergentes em meio às discussões sobre o aperto monetário nos EUA, o real registrou a segunda maior desvalorização em relação ao dólar, só perdendo para a Argentina que acaba de pedir um socorro de US$ 30 bilhões para o Fundo Monetário Internacional (FMI), diz Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor do [...]

Exterior e política limitam queda do dólar no curto prazo

2018-02-07T09:38:56+00:00 07/02/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

E por aqui, o cenário se apoia numa "eleição sem sustos", isto é, com a convergência do apoio popular para um candidato mais alinhado à agenda de reformas, diz o sócio-gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella. "Em algum momento, o câmbio pode ficar com um desempenho relativamente melhor que os pares", diz. A moeda pode [...]

Para quem vai viajar, especialistas sugerem comprar dólares aos poucos

2018-02-07T09:20:54+00:00 07/02/2018|Categories: O Globo|Tags: , , , |

Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset, acredita que a tendência é de queda do dólar comercial no Brasil este ano. Mas há incertezas no cenário: — No Brasil, acredito que o dólar feche o ano por volta de R$ 3. Mas isso depende de muitos fatores, e o principal deles é a eleição. Caso o [...]

Dólar ronda nível de R$ 3,14 e juros operam em alta

2018-01-03T14:52:57+00:00 25/09/2017|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Para o sócio e gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella, a ausência de eventos de peso no Brasil acaba abrindo espaço para que os mercados acompanhem mais diretamente os movimentos externos. Leia mais em http://www.valor.com.br/financas/5132216/dolar-ronda-nivel-de-r-314-e-juros-operam-em-alta#