S&P mantém rating do Brasil em ‘BB-‘ com perspectiva estável

2018-08-10T12:20:30+00:00 10/08/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Para Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset, as agências de classificação de riscos devem aguardar a chegada do novo governo, após as eleições, para verificar a probabilidade de avanço da agenda de reformas. Só então, haverá subsídio para uma possível mudança de rating ou de perspectiva. Leia mais em https://www.valor.com.br/financas/5724931/sp-mantem-rating-do-brasil-em-bb-com-perspectiva-estavel

Economistas põem eleição no cenário; dólar marca ‘direita’ e ‘esquerda’

2018-08-02T10:51:58+00:00 02/08/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Consideramos manutenção da Selic até o fim deste ano e, para dezembro de 2019, 8%. O próximo passo do Copom será de alta e pode ocorrer em setembro ou outubro na hipótese de ocorrer uma evolução desfavorável das perspectivas de um candidato de centro-direita nas eleições presidenciais ou uma piora das condições financeiras internacionais, com um [...]

Mercado vê taxa Selic estável até fim de 2018

2018-07-30T14:04:24+00:00 30/07/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Outro fator de risco para a política monetária é a evolução do cenário internacional, afirma o economista da Modal Asset Daniel Silva. Ele diz que a Selic pode voltar a subir já em setembro ou em outubro deste ano caso ocorra uma nova rodada de piora das condições financeiras internacionais, com um ajuste mais rápido das [...]

Viés positivo do Datafolha é manter cenário de abril, diz Modal

2018-06-11T09:43:19+00:00 11/06/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

"A pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra que o cenário de disputa eleitoral permanece, em linhas gerais, inalterado em relação ao levantamento de abril, de acordo com Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset. Para ele, tal constatação é positiva, uma vez que, ao longo da semana passada, ganharam força as leituras de que Jair Bolsonaro (PSL) [...]

Eleições e risco fiscal inibem queda de juros longos

2018-05-24T10:57:36+00:00 24/05/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Alguns especialistas acreditam que o Tesouro poderia intervir no mercado de modo a dar um pouco mais referência de preços. "O BC já acalmou o câmbio com swap, mas os juros longos precisam do Tesouro", diz Luiz Eduardo Portella, sócio da Modal Asset. Para ele, a atuação serviria para dar liquidez ao mercado num momento em [...]

Apesar dos riscos, cenário segue positivo para emergentes

2018-05-15T09:54:47+00:00 15/05/2018|Categories: Artigos, Valor Econômico|Tags: , , |

Em outubro de 2017 escrevi neste espaço o artigo: "Otimismo em Washington e o ciclo positivo para emergentes" sobre as impressões das reuniões durante o encontro do FMI em Washington. Em 2017, o otimismo era generalizado, porém, no último evento no mês de abril, organizado pelo FMI e pelo Banco Mundial, o tom foi de otimismo [...]

Bolsa e multimercados lideram rentabilidade e interesse

2018-04-19T09:45:06+00:00 19/04/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , |

Já para o sócio e gestor da Modal Asset Management, Luiz Eduardo Portella, pode ser que a Bolsa entre em compasso de espera até às eleições por conta da instabilidade. Mas após a definição eleitoral, acredita que o Ibovespa possa bater entre 100 e 110 mil pontos se o novo governo continuar as reformas. Leia mais [...]

Peça-chave para eleição, Barbosa ainda é incógnita para mercado

2018-04-10T16:33:07+00:00 10/04/2018|Categories: Bloomberg|Tags: , , |

Vinícius Andrade 10/04/2018 | 15h08 "Ninguém sabe qual vai ser a equipe econômica de Joaquim Barbosa", diz Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset. "Como ele é competitivo, o mercado tem esse medo." Leia mais em https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2018/04/10/peca-chave-para-eleicao-barbosa-ainda-e-incognita-para-mercado.htm

Para quem vai viajar, especialistas sugerem comprar dólares aos poucos

2018-02-07T09:20:54+00:00 07/02/2018|Categories: O Globo|Tags: , , , |

Luiz Eduardo Portella, sócio-gestor da Modal Asset, acredita que a tendência é de queda do dólar comercial no Brasil este ano. Mas há incertezas no cenário: — No Brasil, acredito que o dólar feche o ano por volta de R$ 3. Mas isso depende de muitos fatores, e o principal deles é a eleição. Caso o [...]

Com vaga precária, desemprego vai a 11,8% e tende a cair este ano

2018-02-01T09:49:28+00:00 01/02/2018|Categories: Valor Econômico|Tags: , , , |

Para Daniel Silva, economista da Modal Asset, uma recuperação mais consistente do trabalho formal só deve ocorrer passadas as eleições, no último trimestre deste ano ou começo de 2019. "O grande fator para isso seria uma retomada mais forte da indústria e dos investimentos, o que só tende a ocorrer passadas as eleições e concretizado o [...]